Rua Silveira Peixoto, 1040, Sl 1506 - Batel
Curitiba - Paraná - CEP: 80240-120
(41) 3029-6202
Atendimento de Segunda-feira a Sexta das 09:00 às 18:00
Novidades sobre abafi Holland. CLIQUE AQUI!!! abafi-Brasil
  • Slideshow
  • Slideshow
  • Slideshow
A ABAFI FOI CRIADA COM O OBJETIVO DE:
INFORMAR a população sobre Incontinência Urinária: tema tabu que geralmente as pessoas não gostam de falar mas que segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde ) os problemas urinários chegam a atingir 10% da população do país. Para informar a população foi organizado um projeto de divulgação sobre a Incontinência Urinária: jornais, televisão, revistas e palestras.

FORMAR profissionais da área de saúde sobre as técnicas de reeducação mais modernas que existem no mundo. Já foram formados 35 fisioterapeutas do Brasil para este fim. São dadas palestras em todas as faculdades de Curitiba sempre com o objetivo de divulgar o tema Incontinência Urinária. São realizados eventos médicos com o mesmo objetivo. A ABAFI já financiou dois eventos médicos no Hospital Santa Cruz.

AJUDAR a população: para isto foi criado o site com o objetivo de informar, conscientizar e oferecer soluções simples e práticas para este problema. A ABAFI pretende também criar um centro com o que existe de melhor em reeducação perineal. Este centro será destinado à comunidade. Neste centro serão também realizados pesquisas de qualidade provando sempre a eficácia das técnicas e criando soluções novas para ajudar à comunidade.

A formação em Uroginecologia é hoje uma especialidade que deve ser levada a sério, pois a incontinência urinária afeta contingentes populacionais no mundo inteiro e, segundo a última Conferência Internacional da Organização Mundial de Saúde, que ocorreu em Paris, maio de 2001, esses índices chegam à 10% da população de um país! Vários estudos norte-americanos e europeus mostram que a incontinência não pertence somente à terceira idade, como seria o mais provável; os estudos mostram que entre cada 4 incontinetes, 3 tem menos de 65 anos; ela pode atingir homens, mulheres e crianças, sendo as mulheres as mais atingidas. Os estudos mostram também que apesar dos grandes progressos e de toda a compreensão científica acumulada sobre o problema, entre as milhares de pessoas que sofrem deste problema só uma pequena minoria procura tratamento adequado, pois é um tema (tabu vergonhoso) para não se falar e a regra do silêncio impera.

É baseada nestes estudos que acredito que nosso apoio, compreensão e conhecimento no assunto são de grande utilidade, ou melhor, a reeducação, a prevenção, a informação dessa população, que sofre e é composta de milhares de pessoas, faz também parte da nossa competência profissional.

Desde 1995 trabalho e dedico-me ao tratamento reeducativo das incontinências urinárias e acredito que possamos fazer um tratamento eficaz e de grande utilidade.

Mas, o mais importante para que possamos ser reconhecidos e respeitados nesta especialidade é sabermos nossos limites e quando devemos ou não utilizar a reeducação como um dos meios de tratamento da incontinência urinária, conhecermos seu impacto psico-social e fazermos sobretudo um tratamento eficaz e de qualidade. Pensar e trabalhar em uro-ginecologia é: estarmos conscientes do que existe há 20 anos na Europa e EUA, o questionamento das técnicas utilizadas e o resultado destas, provados cientificamente, quais equipamentos, quais métodos são eficazes, o que é questionado e sobretudo invalidado como técnica e forma de trabalho. Pelos vários congressos internacionais que participei e como membro da Sociedade Francófona de Urodinâmica tento cada vez mais ser crítica e exigente com essa especialidade. Pensar em Uro-ginecologia é repensarconceitos, hábitos e totalizar, não é mais possível tratar a incontinência de uma forma isolada, pois a postura, a respiração, o períneo, os órgãos internos e o sistema neuro-fisiológico estão totalmente agrupados e devem ser analisados e avaliados antes de qualquer pretensão de tratamento, seja ele preventivo ou curativo. Portanto, cada paciente é visto e tratado de forma individual.

Veja neste site vários assuntos sobre Incontinência Urinária!

Dra. Maura Regina Seleme
Diretora - Presidente da ABAFI
CONHEÇA OS NOSSOS PARCEIROS
eirpp Faculdade Inspirar abfp perineo
Rua Silveira Peixoto, 1040, Sl 1506 - Batel - CEP: 80240-120 - Curitiba - PR - Tel: (41) 3029-6202
Todos os direitos reservados - © Copyright 2013Design by MFO